Weby shortcut
top

Área de concentração

Atualizado em 05/03/20 09:23.

O Programa instituiu como Área de Concentração O PROJETO, A TEORIA, A HISTÓRIA e a CRÍTICA, concebidos não como partes isoladas mas como interações constantes e reativas, que se caracterizam por processos e reflexões críticas constantes.
No século XXI, a arquitetura não está somente associada à criação de formas no espaço, mas, de propiciar relações deste com os diversos contextos da cultura contemporânea. Relações e ações combinadas para uma realidade aberta e não predeterminada, potencialmente mais qualitativa quanto mais for interativa. Pensar arquitetura é aprofundar estratégias direcionadas a uma ação reestruturadora da cidade, do território e das redes que o articulam. É estabelecer novas tramas e novos espaços relacionáveis. Direcionar o território da teoria, da história e da crítica do arquitetônico à concepção de novas lógicas para ações que atuem no habitat, o entorno e a tecnologia. Assim se faz necessário refletir sobre a construção da cidade contemporânea enquanto enfrentamento de suas preexistências e criação de novos espaços e paisagens. Uma reflexão que leve à atuação crítica, a partir de um universo amplo, sobre os processos e estratégias de projeto adotados em todas as escalas, suas representações e sua problemática. Esta lógica é a base para a proposta da estrutura curricular.